O conselho geral da FNE reunido hoje dia 28 de novembro de 2020, desafia o ministro da educação a que demonstre uma efetiva disponibilidade para o diálogo, para a negociação e para a concertação.